Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Tecnologia: saiba o que você deve fazer para estar protegido de hackers!

Brasil é um dos principais alvos de ataques virtuais; Veja como se proteger

Home office colaborou para o aumento de ataques virtuais e estudo aponta o Brasil como um dos países mais atacados.

Na pandemia exigiu que fosse acelerado o processo de digitalização de empresas, informações e serviços. O home office foi adotado por muitos brasileiros para conter a disseminação do vírus e trabalhar de casa aumentou o número de ataques cibernéticos, já que muitas redes não tinham a segurança adequada.

Um estudo realizado pela Kaspersky, desenvolvedora de softwares de segurança, apontou que dois em cada três ataques na América Latina são contra empresas e apenas um é direcionado a pessoas. Tais ataques cibernéticos sofridos pelo STJ e Embraer, por exemplo, além do governo do Distrito Federal e da prefeitura de Vitória, consistem no sequestro de dados usando criptografia, para depois exigir pagamento pela devolução das informações.

Mas o que fazer para evitar esses ataques? Para Arthur Igreja, especialista em inovação e segurança digital, existem três passos básicos. Confira:

Dicas de segurança

O primeiro é fazer um diagnóstico de segurança dos sistemas usados pelas empresas e pelos profissionais para verificar possíveis brechas.

O problema é que cerca de 40% das empresas brasileiras não têm políticas de cibersegurança estabelecidas ou não informaram seus colaboradores de sua existência, segundo a Kaspersky.

O segundo passo é sempre ter um backup físico (preferencialmente) ou em nuvem para poder resgatar os dados roubados. Já a terceira grande dica tem a ver com o comportamento das pessoas, a chamada engenharia social. Além dos diagnósticos de sistemas e de boas ferramentas, é fundamental que as pessoas sejam treinadas para que não caiam em armadilhas de downloads e links inadequados.

Esse passo a passo é ainda mais importante no Brasil, país que teve o maior número de tentativas de sequestro de dados de janeiro a maio, de acordo com levantamento feito pela Kaspersky.

Outro relatório da mesma consultoria aponta que dos 5 mil ataques diários na América Latina, cerca de 2,3 mil aconteceram no Brasil.

O país também foi um dos principais alvos de ataques cibernéticos direcionados a aplicativos de internet banking e maquininhas de cartão (dispositivos de PoS), no primeiro semestre deste ano, de acordo com estudo da Trend Micro, empresa de cibersegurança e segurança em nuvem.

Fonte: CNN

Se você precisa de serviço relacionado ao artigo ou necessita de maiores informações sobre o assunto, conte conosco, da Plaecon Contabilidade.

Procuramos levar ao máximo tranquilidade aos nossos clientes, fornecendo um atendimento diferenciado e adequado para cada segmento de sua empresa. Temos total expertise na prestação de serviços nas áreas:

  • Fiscal;
  • Pessoal;
  • Contábil;
  • Tributária;
  • Legal.

Entre em contato conosco utilizando as informações disponibilizadas em nosso website, caso você prefira, você pode utilizar qualquer uma de nossas ferramentas de chat, elas ficam localizadas nos cantos inferiores do site.

Sendo assim, basta nos chamar! Esperamos por você!

PRESSIONE AQUI AGORA MESMO E FALE JÁ CONOSCO PARA MAIS INFORMAÇÕES!

Classifique nosso post post

Deixe um comentário!

O seu endereço de e-mail não será publicado.



Não fique de fora da nossa Newsletter

Cadastre-se e receba semanalmente os conteúdos que preparamos especialmente para você

Recomendado só para você
5 dicas para começar 2021 em dia com os impostos…
Cresta Posts Box by CP